Interiores / 23 Mayo 2013

Vida nova

Generais
Quem/td> Manuel (29) e Agustina (30). Músico e designer de indumentária.
OndeEm San Antonio de Areco, Província de Buenos Aires.
O queCasa com comércio na frente.
Há quantoHá um ano.

A CASA E OS OBJETOS
ÊxitoEncontraram a casa em ruínas e a puseram em condições vivendo aí. Um ano depois, a mudança é fantástica: do abandono e tristeza á calidez e a cores.
Ainda nãoO banheiro é muito dos anos 90, nada a ver com resto da casa. O plano é tirar as cerâmicas e descobrir o que escondem.
Com suas mãosPintaram, despintaram, trocaram os canos, construíram os móveis da cozinha, costuraram, tricotaram, arrumaram as persianas… Com suas mãos e um lote de ferramentas.
TolerânciaEle pede respeito pela madeira de carvalho e não permite pinturas ou pátinas. E Agus foi forte com as cores, alcançando a aceitação.
SalvariamNo meio de uma fuga, ele escolhe salvar o abajur pequeno de madeira. Ela, plantas: a dracena tem prioridade.
É difícilNão conseguem fazer os centros de mesa.
A VIDA AÍ
É o piorPara ela, limpar os vidros. Para ele, encerar.
É o melhorManuel escolhe lavar os pratos e Agus, varrer.
Som atualEdgardo Cardozo, Spinetta, Fernando Cabrera.
Aromasde pau santo e de incensos de champa
RELAÇÕES
PetsFermín (1 e 1/2)
VizinhosAinda não reclamaram da bateria do Manuel.
Por que
– Se preocuparam por viver como eles gostam, entre outras mudanças (as distancias, o ritmo diário), poder passar de um apartamento pequeno a ter uma casa é uma sensação muito forte. – Misturaram suas coisas com móveis que foram do Alfredo, o último dono, para fazê-los transcender. Até recuperaram e arrumaram as ferramentas que ele deixou. – O processo de recuperar o lugar não terminará, mas o encaram com paciência e alegria. Nota-se.



















































Fotos: Lucía Luna Crook