Interiores, rosario / 12 Junio 2013

Nada sobra

Gerais
QuemHernán, comunicador social e publicitário.
OndeRosário (Centro), Província de Santa Fe.
O queApartamento alugado, de dois cômodos.
Há quantoHá dois anos.

A casa e os objetos
Êxito

Sua meta foi fazer dos poucos metros um lugar com todas as comodidades, mas que ao mesmo tempo fosse despojado. Também tentou dar um ar cálido sem sobrecargas demais.

Não restam dúvidas: ele conseguiu.

De todos os cantinhos, ele escolhe a sala para se esparramar e a cadeira BKF para ler ou ver tv.

FracassoComeçou com uma plano branco + preto + uma pitada de vermelho, mas ele não gostou do resultado, e então começou tudo outra vez.
Com suas mãosPintou paredes, tetos e rodapés. Desenhou e armou as luzes do teto com embalagens de desodorantes! Construiu um móvel e um mural, restaurou vários móveis, converteu uma mesa de tv em carrinho contenedor para a cozinha.
InspiraçãoCoffeeklatch, Dwell. Visita muitas mostras de arte.
Se fosse suaMudaria os pisos por cimento alisado e madeira.
IntolerânciaJamais deixaria a casa “Estilo country”.
SalvariaO mural de acrílico transparente, inspirado na obra de Julio Le Parc. Ele o fez á partir de mostras descartadas deste material, que encontrou jogados num contêiner . Levou 3 meses, 1000 quadrados e 2000 buracos.
A vida aí
O piorLimpar os vidros por fora. Exige contorcionismo extremo.
O melhorBater no tapete para tirar o pó.
Especialidade culináriaWok de frango e nhoques de batata-doce.
Som atualCAMPO
AromasLos evita a todos.
Por que

Nos fascina.

Soube eleger móveis, texturas, cores. e distribuir muito bem. Criar pontos únicos com coisas que outros descartaram.

O mural de acrílico é uma das coisas mais geniais que vimos neste ano.

Fotos: María Tórtora