Interiores / 9 enero 2013

As 40 almofadas

gerais
QuemEloísa, designer gráfico e de acessórios.
OndeEm Belgrano (Buenos Aires).
O queApartamento de 2 cômodos e meio, com varanda.
QuantoHá pouco mais de um ano e meio.

a casa
ÊxitoJá tinha vivido aqui. Se foi, conheceu outros lugares, e agora voltou a alugá- lo. Esta vez não se parece em nada com a anterior. E ela tampouco!
FracassoPintou o quadro vermelho da sala, mas não gostou nada do resultado.
IntolerânciaNunca teria sofás de couro sintético.
A transportariaA París.
os objetos
SalvariaTodo as lembranças de viagens que conseguisse juntar na pressa.
Com sus mãosPintou quadros, aplicou pátina em móveis, fez almofadas e a cortina do banheiro.
Nunca sobramAlmofadas. Contamos quarenta!
a vida aí
O piorArrumar o atelier.
Especialidade culináriaRisoto com cogumelos e mousse de chocolate.
AromasAntes tinha cheiro de incenso. Agora não aguenta mais.
Som atualJulieta Venegas y Amy Winehouse.
Limpeza geral8.50 / Mas não é ela que limpa, hein.
relações
PlantasDistante. As adota e as cuida, mas ela viaja muito: poucas sobrevivem.
vizinhosOs vizinhos de baixo do atelier + as bolinhas que caem e rodam, poderiam ser um combo explosivo. Mas há paz.
Por qué
– Decidiu dormir na sala, para poder ter um atelier confortável (e com porta, para ocultar o caos de bolinhas). Então ,organizou a sala numa dinâmica de quitinete , que funciona perfeitamente.
– Que tenha vivido no mesmo lugar em dois momentos diferentes de sua vida, com resultados muito distintos, é o melhor corretivo para as desculpas imobiliárias. A variante somos nós mesmos.

Fotos: María Tórtora y Lucía Luna Crook