Interiores / 3 Octubre 2012

E além disso, fica perto do rio

Uma tarde de sol, Ana, Germán, Antonio, Ramón e Salvador passeavam de bicicleta pelo Tigre e se toparam com este casarão, em baixa e à venda. Não custa nada perguntar…

Assinaram, lotaram algumas sacolas, se mudaram, e em três meses a casa estava espetacular assim. Parece que os dois são máquinas de embelezar, e se estão a fim, num fim de semana fazem uma revolução.

As composições, os móveis, os quartos no sótão, a madeira, o barro da ventania recente, a biblioteca inclinada, os enlouçados, as plantas, a acumulação e o despojado. Como conseguimos sair de lá?

Fotos: María Tórtora y Lucía Luna Crook