Interiores / 8 Febrero 2012

Valor agregado

Na casa da Romi e do Fede nunca entraram móveis novos. E digo mais: todos, menos uma cadeira e um sofá, pertenceram a seus avós, aos antigos donos que viveram antes no lugar ou foram resgatados da rua.

Mas não se trata somente de desfrutar a herança. Não, de jeito nenhum. Eles trabalharam em cada uma das coisas, deixando-as melhores e encontrando uma nova função ou um novo lugar para localizá-las.

Também fazem muitas coisas com suas próprias mãos. Romi é uma excelente costureira, e quase todas as almofadas são suas. E Fede, entre outros êxitos, fez a luminária de pé que ressalta ao lado do sofá verde.

O lugar explode de cores e texturas diferentes e, como são todas lindas, unidas formam uma ótima equipe de trabalho.

Bravo por prevenir preconceitos.

[Modelo: Florentino]

Fotos: María Tórtora