Interiores / 9 Junio 2011

Uma primeira vez

A Martina e Mariano tiveram a oportunidade de viver juntos nesta casa muito tempo antes de poder fazer a mudança. Então, nesses meses prévios, acumularam de tudo no apartamento de um cômodo em que ele vivia.

Uma tarde, em seu local trabalho ela observou alguns lockers metálicos sendo descartados e não conseguiu suportar. No apartamento não cabia nem um alfinete mais, então uma amiga de bom coração o guardou até o dia da mudança. Lá recebeu tinta, adesivos, fotos e legendas que continuam até hoje, já seriamente instalado.

Mas além de contar com essa jóia, a entrada de mais coisas colaboraram para chegar a este ponto: o sofá azul (encontrado na rua e com estofado novo), quadrinhos simpáticos, almofadas feitas por uma amiga, pisca-pisca na cama, caixas rotuladas no banheiro, fichários e frascos da avó por todos os lados, cadeiras pintadas de cores diferentes, e todas as plantas do quintal!

Fotos: María Tórtora