Interiores / 12 agosto 2009

Pouca seriedade

Se vocês achavam que um homem de vinte e poucos anos, fanático reabilitado de comics e de filmes de ficção científica não poderia ter uma casa simpática, vejam o apartamento do Bilo e mudarão de opinião.

O lugar brilha pela carência de convencionalismos: sofás super antigos com estofados novos (e muito baratos) estão apoiados em uma parede decorada com post it, a pesada mesa de carvalho herdada do dono do apartamento tem como centro um Obi-Wan Kenobi de sua coleção, um prêmio Martin Fierro* falso sustenta a pilha de discos, armas de brinquedo penduradas dentro e fora do banheiro e uma planta surpreendentemente bem cuidada. E em épocas onde as pessoas compram portaretratos digitais, Bilo escolhe projetar slides numa parede vazia.

“Sua casa é humorística”, disseram ao Bile e ele se aferrou ao comentário: ele é trompetista (e jornalista) e ao invés de mostrar seus instrumentos, ele prefere pendurar uma trompeta de brinquedo. Pouca seriedade. Nós adoramos!

*[Martín Fierro é a premiação mais importante de rádio e televisão argentina.]

Fotos: María Tórtora